A vida nem sempre é justa. Supere isso.

Por:

É inevitável que a desigualdade se desenvolva numa família empresarial ao longo do tempo. O que importa é como você lida com isso.

 

 

Judy Lin Walsh, sócia da BanyanGlobal, mergulha no tema da desigualdade no negócio familiar nesse vídeo de perguntas e respostas. Walsh decompõe as várias formas como as desigualdades podem desenvolver-se e o que os membros da família podem fazer a esse respeito.

Principais Conclusões:

  • A desigualdade está sempre presente, seja real ou imaginada, mas nem sempre tem de ser destrutiva. A desigualdade pode ser um fator de motivação útil que ajuda um indivíduo a alcançar seus objetivos.
  • É importante entender seus próprios objetivos em vez de se esforçar para atingir os de outra pessoa. Você também precisa saber quando é saudável se comparar com os outros e quando isso pode fazer com que você perca de vista seus desejos.
  • A desigualdade pode se tornar destrutiva quando você deixa que ela afete sua auto estima e sua visão de si próprio.
  • Não há duas situações iguais, trabalho árduo e talento não são os únicos fatores que criam sucesso, sorte e fatores externos, como a economia, também podem impactar a jornada de uma pessoa para o sucesso.
  • Justo nem sempre significa igual e o foco excessivo em tornar as coisas iguais pode prejudicar mais do que pode ajudar.

Fragmentos:

[0:09] A desigualdade num negócio familiar é inevitável ao longo do tempo?

[1:03] A desigualdade é sempre uma coisa ruim?

[2:28] Quais são as diferentes formas pelas quais as pessoas podem sentir a desigualdade?

[4:26] Os que têm e os que não têm: A desigualdade entre os ramos familiares é inevitável?

[5:31] Quando há desigualdade, ainda há maneiras de as famílias permanecerem próximas?

[6:16] Justo é a mesma coisa que igual?

[8:19] Será que os pais podem involuntariamente criar desigualdade, esforçando-se demasiadamente para tornar tudo “igual”?

[10:24] Quais são as suas 3 principais dicas para lidar com a desigualdade?

Compartilhe:

Outros Conteúdos que Você Pode Gostar: